This a forum for random role playing.
 
HomeMemberlistCalendarFAQSearchLog inRegister

Share | 
 

 [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)

View previous topic View next topic Go down 
Go to page : 1, 2  Next
AuthorMessage
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Mon 6 Oct - 23:01

O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)




This is a sequence of a one-shot game I started for Tyghorn about his character's past. Since it started in portuguese and it's for only one player, we got permission to keep this topic in portuguese language.


Esse é basicamente a continuação de uma one-shot que comecei a mestrar para Tyghorn sobre o passado do personagem dele. Teoricamente vem antes de uma outra aventura de L5R que irei mestrar em algum momento.

Essa história se passa no mundo de Rokugan, no cenário e sistema de Legend of the Five Rings. Não aceita jogador nenhum (além de Tyghorn) porque é o prologo do personagem dele.

É possível que eu venha a mestrar a aventura de L5R por forum mesmo, já que estou enrolando demais para mestrar por mesa.


*Imagem oficial de L5R por Jason Engle e não representa Kakita Soyokaze


Last edited by Kobold on Fri 10 Oct - 16:04; edited 1 time in total
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Tue 7 Oct - 12:18

Depois de investigar o problema que havia acontecido com um dos heimin da vila de Narichika, onde estava morando, Kakita Soyokaze descobriu que os moradores do lugar haviam encontrado um pequeno depósito de jade e pretendiam comercializar sem informar ao Daimyo da província.

O problema é que um grupo de bandidos conhecidos como o Bando da Serpente Escarlate descobriu o achado dos moradores de Narichika e possuem numeros o suficiente para vencer as poucas defesas de Narichika. Quando ficou a par da situação, Soyokaze, que há anos já havia se afeiçoado aos heimin, decidiu que iria até o Daimyo e requisitar ajuda na defesa de Narichika, sem, entretanto, mencionar a questão da jade.

A viagem até a cidade foi rápida e agradável devido a companhia da sempre animada Yoake. Logo após chegarem no lugar, uma cidade pequena de uma provincia pobre, mas ainda assim muito maior que a vila de Narichika, Soyokaze foi requistar uma audiência com o Daimyo. Chegando no lugar, o duelista Kakita encontrou-se com Daidoji Tobu, guarda da mansão do Daymio, que ouviu sua história e comentou que o primo dele estava junto com um grupo que confrontara os bandidos dias atrás, mas que eles sempre davam um jeito de escapar. Entendendo a urgência da situação, Tobu o levou até o Daimyo.

Contudo, não era o Daimyo que se encontrava no local e sim o seu conselheiro, um cortesão conhecido como Kakita Munemori. Devido à má fama que possui entre a sua família, Soyokaze conseguiu do conselheiro apenas negativas e ofensas veladas. Sua última cartada foi recrutar samurais que estivesse de passagem pela cidade e estivessem dispostos a ajudar Yoake e o vilarejo.

Mas o duelista conseguiu ajuda de apenas uma pessoa, o irráscivel samurai do Clã do Leão Matsu Shigetori, que alegou que bandidos são uma das maiores desgraças de Rokugan e não podem ser deixados para fazer o que quiserem.

De volta a Narichika, Kakita Soyokaze precisa pensar em como defender o vilarejo que possui poucos combatentes do ataque de mais de trinta bandidos.

=========================================================================================================

Kakita Soyokaze e Matsu Shigetori estavam parados na entrada de Narichika, pbservando o horizonte e discutindo como iriam preparar as defesas do lugar.


- O destino do samurai é a morte e morreremos lutando, - disse o Samurai do Leão - mas ainda podemos fazer alguma coisa por este lugar miserável.

O guerreiro da família Matsu olhou em volta para os heimin quase sem enxergá-los, de cima de sua posição superior na hierarquia celestial, e grunhiu alguma coisa.

- Não sou que nem meus primos Akodo. Entendo apenas de violência e morte, não de estratégia. Você conhece melhor o lugar. O que sugere que façamos?
Back to top Go down
Tyghorn

avatar

Posts : 196
Join date : 2014-05-31

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +5/Ref +0/Wil +0
AC: 13/T 10/F 13

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Tue 7 Oct - 22:08

(( Tem que começar logo essa campanha principal hein? ))

Soyokaze permaneceu por alguns minutos parado no local, observando o vilarejo e sentindo o vento que tanto gostava. Gostaria de poder passar o resto de sua vida naquele lugar e morrer de velhice tranquilamente, mas tinha uma missão a cumprir e além disso, seu instinto lhe dizia que não teria uma morte serena. Depois de algum tempo, quebrou seu transe e deu um suspiro.

- Honorável Shigetori, embora eu tenha toda a fé em suas habilidades, admito que o problema que temos é mais do que sério. A quantidade de inimigos é muito superior a nossa e infelizmente nenhum dos nossos é um guerreiro. - Após uma pausa - Embora seja proibido venho treinado a Yoake a algum tempo e mesmo ela mostra um progresso notável. Fiz isso justamente para no dia que isto acontecesse, mas agora que estamos aqui, gostaria muito que ela não participasse disso, apesar de ter certeza dos seus protestos.

Soyo retirou seu chapéu e apontou as regiões próximas a vila.

- Amaldiçoo meu treinamento, pois por muitos anos usei-o para o mal, porém dessa vez espero alcançar um pouco de redenção. Devemos utilizar muito bem o terreno. O plano será dividi-los em dois, três ou até mesmo quatro grupos menores se pudermos. Devemos também produzir armadilhas para dificultar a passagem deles, de modo que possamos enfrentá-los em ainda menor número, onde eu tenho certeza que o honorável Shigetori não terá problemas. Ficaremos cada um em uma ponta da vila, para liderar os que puderem lutar. O que acha disso?
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Thu 9 Oct - 0:37

Matsu Shigetori ouviu em silêncio, com a mesma expressão de desagrado que parecia nunca sair do seu rosto.

- Proibido você diz? - falou ele quando Soyokaze mencionou o treinamento de Soake - Não consigo pensar em um senhor que fosse benevolente o bastante para permitir que lavesse sua honra e permitisse que você corta-se a propria barriga. Passar as técnicas de sua família para uma reles heimin? Ha! Nas terras do leão você seria executado no mesmo instante.

O samurai do leão estalou o pescoço e olhou mal humorado para Soyokaze.

- Mas pouco me importa o que garças fazem ou deixam de fazer. Esse assunto não me interessa.

Shigetori coçou a barba quando o Kakita começou a explicar o plano. Não seria possível discernir se ele ponderava sobre o que lhe era passado ou simplesmente ignorava qualquer consequencia que aquilo poderia ter.

- Os descendentes de Lady Matsu são treinandos para a luta e para a morte. Correria de espada em punho contra os trinta miseráveis sem pena ou remorso. E se minha técnica não bastasse, minha fúria daria conta do resto. Esse é o modo dos Matsu.

Ele deu um sorriso carregado de violência.

- Mas não estamos nas terras dos Matsu e sim do Clã da Garça. E apesar de você ser um Kakita, seus primos, as Garças de Ferro são respeitados até mesmo pelos Caranguejo devido a usarem de tudo para conquistarem a vitória. - ele deu de ombros - Armadilhas talvez não sejam de muita honra, mas o que é honra para um samurai comparado à glória de ter inimigos mortos aos pés? Façamos as coisas ao seu modo, Soyokaze-san.
Back to top Go down
Tyghorn

avatar

Posts : 196
Join date : 2014-05-31

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +5/Ref +0/Wil +0
AC: 13/T 10/F 13

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Thu 9 Oct - 0:56

Soyokaze deu um leve sorriso e um suspiro de alívio. Shigetori era definitivamente um guerreiro orgulhoso e provavelmente de grande habilidade, porém não gostaria de arriscar vidas, mesmo que isso levasse sua já duvidosa honra na lama.

- Muito agradecido Shigetori-san. Então, vamos dar uma volta na vila e em seus arredores. Irei convocar algumas pessoas de mais habilidade para nos auxiliar na tarefa.

Soyokaze pôs seu chapéu mais uma vez, cruzou os braços por dentro do manto e começou a caminhar.


(( Vou procurar na vila um pessoal mais habilidoso, caçadores, artesões (são razoavelmente fortes), mineradores, etc. Em média umas cinco pessoas. Depois disso vou dar uma volta na aldeia e nos arredores para saber exatamente como posso bloquear o caminho dos bandidos, de preferência para dividir eles em dois ou três grupos. Tenho em mente construção de paliçadas e armadilhas de obstáculos (buracos por exempl0). ))
Back to top Go down
Raxiell
Admin
avatar

Posts : 342
Join date : 2013-07-21

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Thu 9 Oct - 21:54

((HELLO MY LOVELY DARLINGS. YOU MAY REALIZE I'VE CHANGED A FEW THINGS.
Now go find an image that represents Tygorn's character just for the sake of keep the time continuum impact, and go make Mococa's topic also u.u~))
Back to top Go down
http://reanna.forumsrpg.com
Tyghorn

avatar

Posts : 196
Join date : 2014-05-31

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +5/Ref +0/Wil +0
AC: 13/T 10/F 13

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Thu 9 Oct - 22:01

(( Ok Mistress of Pain and Suffering what have you changed? And i'm following Mococa's campaign, don't worry? An image that represents Tyghorn? Well that's why i'm using the minotaur '-' Give us details please ))
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Thu 9 Oct - 23:16

Não demorou muito para Soyokaze encontrar quem ele estava procurando. Após anos morando em Narichika, ele conhecia todos os heimin pelo nome e havia se tornado intimo da maioria dos moradores.

Os dois samurais encontraram a maioria dos chefes de família reunido no centro do vilarejo, junto com o chefe Kamiya. Não há mineradores ou caçadores no vilarejo. Narichika fica numa região onde se acredita não haver minérios exploráveis e a caça para alimentação só é algo praticado em regiões barbaras além do impérido de jade ou nas estranhas paisagens tropicais das colônias nos Reinos de Marfim. No entanto, Soyokaze logo conseguiu encontrar alguns lavradores mais robustos e um ferreiro e três marceneiros.

Os heimin acompanharam Soyokaze até um canto, curiosos para o que tinham sido convocados. A apreensão estava estampada no rosto deles, todos tinham certeza que o assunto envolveria os bandidos de alguma forma ou de outra. Matsu Shigetori se afastou alguns passos, impaciente, e de braços cruzados esperou Soyokaze conversar com os meia-pessoa.
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Thu 9 Oct - 23:22

((Get away, Raxiell, rokugani official language is portuguese u_u))
Back to top Go down
Tyghorn

avatar

Posts : 196
Join date : 2014-05-31

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +5/Ref +0/Wil +0
AC: 13/T 10/F 13

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Fri 10 Oct - 0:01

Soyokaze encarou os apreensivos moradores:

- Como vocês sabem, temos uma situação grave. Convoquei vocês para que saibam que odiaria ver qualquer um de vocês morrendo ou ferindo-se, porém os bandidos não tem intenções em nos deixar em paz, portanto se quisermos nos livrar desse mal, devemos lutar. Sei que vocês não são guerreiros e sendo bem sincero, leva-se anos para se tornar um, porém Shigetori-san e eu iremos lhes treinar para que quando o momento chegar, possamos nos defender e expulsar definitivamente os bandidos.
Não tenham medo, lembrem-se que estão fazendo isso por sua terra, suas famílias e suas vidas.
Iremos construir algumas defesas também, precisamos de uma paliçada resistente de aproximadamente um metro e meio de altura, para fechar algumas entradas da aldeia. Precisaremos de muitas lanças, para poderem lutar e para preparar algumas armadilhas. Um dos lados das plantações deve ser alagado para dificultar o deslocamento e possivelmente dividir o grupo. Do outro lado, iremos construir algumas armadilhas de buracos. Tudo isso vai ser útil para atrapalhar os cavalos caso eles os possuam. Dentro da aldeia, fiquem sempre em grupos de pelo menos quatro pessoas e os ataquem em conunto.

Soyokaze, voltou a andar em direção ao samurai leão

- Vamos reunir todos da aldeia, explicar o plano e iniciar a construção dos equipamentos honorável Shigetori-san.

Dito isso, Soyo partiu para a aldeia para reunir os moradores e começar a trabalhar na defesa do lugar. Teria que conversar com Yoake em particular em breve.
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Fri 10 Oct - 20:37

Os camponeses se entreolharam, apreensivos com as palavras de Soyokaze e começaram a sussurrar entre si. Eles não eram combatentes, mas sabiam que precisavam defender as suas casas e logo começaram a debater como poderiam improvisar armas e organizar o material. Quando o duelista deixou-os, eles ainda discutiam e dois deles já se separavam do grupo para ir adiantando alguma coisa. Aquela era a morada deles, no fim das contas, e não pareciam dispostos a deixar tudo nas mãos de um samurai.

Matsu Shigetori apenas ouviu o que Soyokaze tinha a dizer, resmugou alguma coisa incompreensível e o seguiu.

Acompanhado pelo leão e alguns dos heimin que haviam ido com ele, Kakita Soyokaze voltou até o centro do vilarejo, onde o velho Kamiya parecia discutir a situação com outros dos moradores mais antigos. Sentados ao redor deles, quase trinta pessoas. Homens e mulheres em condições de lutar.

Logo que chegaram, dois dos merceneiros que ainda estavam com o samurai o garça foram até algumas das pessoas sentadas e começaram a falar alguma coisa.

Quando Kakita Soyokaze se aproximou os velho do vilarejo pararam com sua palestra e Kamiya pediu que ele fosse até eles, fazendo então um gesto para as pessoas reunidas.
Back to top Go down
Tyghorn

avatar

Posts : 196
Join date : 2014-05-31

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +5/Ref +0/Wil +0
AC: 13/T 10/F 13

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Sun 19 Oct - 12:39

Chegando ao local, Soyokaze reuniu todos e explicou com muita calma o seu plano. As expressões de terror e tristeza não podiam ser completamente aplacadas, mas fez o possível para deixar claro que estaria com eles até o fim, assim como Shigetori-san.

Após a sua fala, começou coordenou com os quatro artesãos para que começassem as atividades. Havia muito a ser feito. Esperou que todos tivessem começado a trabalhar e virou-se para Shigetori:

- Shigetori-san, mais uma vez não tenho como agradecer o suficiente a sua presença aqui. Sei que necessita de repouso, por isso pode se acomodar em minha casa logo ali no final. É pequena e com certeza não tão confortável quanto merece, mas infelizmente é o que posso fazer. Ao menos terá tranquilidade. Se me permite, irei auxiliar os moradores e tenho que conversar com uma pessoa também. Fique à vontade e chame se precisar de qualquer coisa.

Soyokaze fez uma saudação e encarou Yoake, que encarava-o em meio ao vai-e-vem de pessoas. Fez um sinal para que ela o acompanhasse e seguiu para fora da vila, onde estivera conversando com Matsu Shigetori a pouco tempo.
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Wed 22 Oct - 20:38

Após as palavras do samurai, os heimin do vilarejo voltaram a discutir entre si e voltaram a distribuir tarefas. Apesar de parecerem determinados a protegerem suas moradas, não conseguiam esconder o medo que sentiam. Eram gente simples, que moravam numa província pacífica, nas terras pacíficas do clã da Garça, nunca haviam precisado lidar com bandidos.

Shigetori acompanhou com um olhar quando Soyokaze foi até ele, ouviu o colega samurai e então olhou para a direção que ele apontava. Não escondeu a expressão de desagrado quando viu a cabana para qual Soyokaze apontou, mas não emitiu nenhuma opinião verbal sobre o que achou da oferta.

- Um Matsu não precisa descansar quando a batalha se aproxima - disse com o rugido que era sua voz - Terei tranquilidade quando tiver o cadaver desses bandidos miseráveis aos meus pés, ou quando cair após ensiná-los como luta um Leão e a sensação da chegada de Emma-o.

Com essas palavras, Matsu Shigetori deu passagem para Soyokaze e começou a bradar para alguns dos camponeses, incitando-os ao trabalho.

Yoake olhou para Soyo com um misto de curiosidade e temor. Aconpanhando-o para longe do centro do vilarejo sem fazer nenhum comentário. Quando chegaram, ficou olhando para o samurai, ansiosa.
Back to top Go down
Tyghorn

avatar

Posts : 196
Join date : 2014-05-31

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +5/Ref +0/Wil +0
AC: 13/T 10/F 13

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Thu 23 Oct - 23:31

Por um breve momento Soyokaze admirou o cabo de sua espada. Era realmente muito bem feita, de fato a forja era um tipo de arte. A anos aquela lâmina não havia sido tocada por sangue e esperava que assim continuasse por muito tempo.

- Yoake, já tenho a treinado há muito tempo justamente pensando em uma situação em que precisasse defender sua vila, sem contar sua teimosia é claro. Porém, o que está para acontecer é bastante sério e peço que tenha muito cuidado. Preferia que não se envolvesse no conflito, mas sei que não vai me escutar, portanto, tenha cuidado.

Soyokaze gostaria de poder se comunicar melhor, mas tinha perdido essa capacidade a muito tempo.

- Agora vamos, muito o que fazer para defender a vila. A propósito, como acha que me sai com Shigetori-san?
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Sun 2 Nov - 22:18

Yoake ficou observando seu amigo e sensei Soyokaze admirar o cabo de sua propria espada com expectativa e um pouco de receio. Quando enfim o samurai disse para que a garota tivesse cuidado, a jovem não conseguiu conter um sorriso, e, tentando se aprumar, fez uma longa reverência.

- É minha vila também, Soyo-sama. - ela respondeu - Mesmo que me amarrasse para que não participasse da luta, eu iria arrancar a corda a dentadas. Não posso deixar esses bandidos destruirem o que a mniha família e todas as outras construiram aqui. É pouco, talvez... mas é o que temos.

Ela sorriu mais uma vez, um pouco sem graça pelas suas proprias palavras, já que não esperava conseguir falar nada daquele tipo. E então fez mais uma reverência.

- Não acho que tenha muito o que se preocupar com Shigetori-Sama - ela disse, sorrindo, mas então fez uma careta - Ele me assusta um pouco e parece ligar pouco para nós, heimin... mas acho que a maioria dos samurai são assim é o direito de nascença deles... Mas no fim das contas ele está ajundando!E foi Soyo-sama que conseguiu convencê-lo!
Back to top Go down
Tyghorn

avatar

Posts : 196
Join date : 2014-05-31

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +5/Ref +0/Wil +0
AC: 13/T 10/F 13

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Thu 6 Nov - 1:00

(( Bom, agora irei retornar e ajudar os moradores com as tarefas. Como não sei em quanto tempo os bandidos podem retornar, pelo menos duas vezes ao dia vou fazer um scout nas regiões próximas, dando mais atenção ao lugar das minas, se houverem cavalos com certeza irei usar [eram minas de que mesmo?].
Qualquer sinal de aproximação de alguém, vou chamar o Shigetori e a Yoake para verificar quem é.
Vou pedir para o Shigetori ficar responsável por treinar quem puder lutar e armar essa milícia com lanças e bastões.
Tirando isso vou esperar algum evento que me faça quebrar o ciclo. ))
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Tue 6 Jan - 0:35

Durante os cinco dias que se seguiram o vilarejo se preparou como pôde para saudar os bandidos com um local o mais fortificado possível. Pelo o que Soyokaze pôde ver, os heimin trabalharam sem parar. Mal parando para descansar durante o dia e a tarde, eles cavaram valas, alagaram os campos ao sul do vilarejo e criaram paliçadas improvisadas para conter e direcionar os futuros inimigos. Logo no terceiro dia, a maioria das barreiras de bambu estavam prontas, embora nem em todos pontos elas tenham atingido o tamanho requisitado pelo samurai da Garça.

Matsu Shigetori tentou auxiliar como pôde na preparação do terreno. Por ele ser um samurai do clã Leão, vários dos camponeses automaticamente consideravam ele como um mestre nas artes da estratégia, no entanto o guerreiro a todo instante xingava e reclamava, dizendo que não era nenhum Ikoma para saber sobre terreno e armadilhas ou um Akodo para liderar quem quer que fosse em combate. Shigetori se esforçou na medida em que precisava ostentar o seu status como samurai para os camponeses, mas pouco pôde ajudar nas preparações da defesa. Como Soyokaze pôde perceber, contudo, o leão tentou ensinar entre gritos e ameaças alguns movimentos de lança para os que estavam dispostos a lutar... e talvez morrer.

As noites possuíam um clima muito diferente. Apesar de protestos silenciosos que Shigetori lançou com olhares macabros, os heimin se divertiam, comiam o que podiam e bebiam o que não podiam. A maioria caía embriagado ao relento e acordava de manhã com a seriedade de alguém atormentado por uma ressaca particularmente poderosa e voltavam a trabalhar. Não haviam reclamações ou lamúrias que não viessem do velho Kamya, mas Soyokaze não precisava observar com atenção para ver que a tensão estava em cada olhar e em cada movimento. Os bandidos eram esperados a qualquer instante e a ansiedade deixava a todos do vilarejo com os nervos a flor da pele. Talvez houvesse mais do Caranguejo naqueles camponeses do clã da Garça do que seria de se esperar, no fim das contas.

Após uma noite – a quarta desde que os preparativos começaram – em que o próprio Shigetori se lançou ao sake e causou uma confusão na praça da cidade ao, sozinho, derrotar cinco camponeses numa disputa de cabo-de-guerra, Soyokaze estava distraído olhando o trabalho dos camponeses e olhando o horizonte com Yoake, quando dois heimin apareceram correndo, cheios de terror.

– Samurai-Sama, samurai-sama! - sussurraram eles, exasperados - vimos dois bandidos escondidos nuns arbustos perto do lado oeste da vila! Pareciam estar espionando aqui! Corremos logo para avisar a vossa senhoria.

Como que pressentindo o acontecimento, Shigetori saiu de onde quer que estivesse e chegou esbarrando num dos camponeses.

– Tu saias de minha frente, heimin – rugiu ele enquanto empurrava o homem, muito menor que ele –, não vês que é chegada a hora para que eu extermine essa escória?
Back to top Go down
Tyghorn

avatar

Posts : 196
Join date : 2014-05-31

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +5/Ref +0/Wil +0
AC: 13/T 10/F 13

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Fri 16 Jan - 10:10

Soyokaze dedilhava seu shamizen, que havia falado mais do que ele próprio durante aquela noite, parou abruptamente com a notícia.
- Acalme-se Shigetori-san, não podemos tomar ações precipitadas. Se eles descobrirem nossos planos podemos perder grande vantagem.
O amaldiçoado samurai da garça guardou seus pertences e amarrou o longo cabelo branco num rabo-de-cavalo, enquanto verificava suas espadas.
- Yoake, cuide da vila e esteja atenta. Pode ser que tentem alguma coisa enquanto sairmos. Mantenha alguém rápido e um cavalo preparado para ir dar o aviso até o Shigetori-san caso aconteça. - Falou baixo para a garota. - Shigetori-san, a honra de confrontar os bandidos é sua. Irei acompanhar de perto para me certificar de que eles não tentem nenhum truque. Apenas peço humildemente para que não utilize violência desnecessária, creio que apenas a sua intimidadora presença será o suficiente para que eles se rendam.
(Meu plano é o seguinte: Enquanto Shigetori vai até o lugar de frente, eu irei por outro caminho, por trás talvez, em furtividade. Vou tentar me posicionar próximo aos bandidos para que se tentarem fugir estarei no caminho. Vou levar a Katana e a Bokken. Não me recordo agora as leis e questões de honra sobre não levar a Wakizashi, mas se for padrão eu levo também de boas.)
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Fri 16 Jan - 19:53

Yoake assentiu com um semblante sério e se afastou dos dois samurai sem questionar que no vilarejo (e na maior parte do império) não havia cavalo algum. Os dois camponeses que vieram avisar sobre o acontecido olharam um tanto quanto abobalhados para a jovem que saía. Pareceram que iam falar alguma coisa, mas então o guerreiro do Clã Leão deu um pesado passo a frente em direção a Soyokaze.

- Um Leão não toma ações precipitadas, mas age no momento em que é preciso! Não estamos na Corte de Inverno, Garça, onde cortesões e covardes desperdiçam o tempo com conversinhas! São apenas dois bandidos, se demorarmos demais já terão corrido para avisar aos outros que o vilarejo está preparado.

Com essas palavras, Matsu Shigetori deu as costas a Kakita Soyokaze e começou a andar pesadamente até onde os camponeses haviam indicado. O Leão não fez nenhum comentário - ou promessas - quanto a violência.

Soyokaze observou um tanto quanto incerto enquanto o companheiro samurai ia embora, então caminhou rapidamente para outro lado do vilarejo, arrancando olhares curiosos e preocupados dos heimim e começou a dar a volta por onde ele imaginou que os bandidos não estariam observando. Sem precisar realmente se esconder como havia aprendido, apenas se esgueirou ao lado de uma grande pedra que estava além das paliçadas do vilarejo e conseguiu visualizar os bandidos vários metros além. Avançou um pouco mais, sem ter abrigo no qual se esconder, mas não foi visto pelos criminosos que olhavam diretamente para o centro da vila tentando descobrir alguma coisa.

A atenção dos dois era tamanha que sequer viram quando Matsu Shigetori se aproximou deles por um lado que eles não estavam observando, simplesmente andando até onde estavam escondidos. Os dois viraram para o samurai do Leão quando ouviram o silvo de sua katana sendo desembainhada.

- Eu sou Matsu Shigetori! Conhecido nas Terras do Leão como O Leão Que Ruge! Lutei com os Caranguejos na Batalha do Oni Esquivo! Fui eu quem derrotou Hida Kurumada e Hiruma Uehara no combate sobre a ponte e tomei-lhes seu estandarte! - ele levantou a espada em uma posição de ataque - Mas pra cães sem honra como tu és, sou apenas o enviado de Emma-o!

Com isso, Shigetori correu em direção aos dois sem nem se preocupar com a própria defesa. Um dos bandidos tentou levantar uma espada para se defender, mas foi incapaz de escapar do poderoso golpe do samurai do Leão, que lhe causou um corte atroz no torso, deixando-o visivelmente ferido. O outro levantou a arma, procurando o melhor momento para contra atacar, mas Shigetori evitou o seu golpe com um passo para o lado
Back to top Go down
Tyghorn

avatar

Posts : 196
Join date : 2014-05-31

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +5/Ref +0/Wil +0
AC: 13/T 10/F 13

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Sun 18 Jan - 20:34

Ao visualizar a rápida ação do samurai leão, Soyokaze decidiu agir. O samurai do vento silencioso deu aquele pobre coitado como morto, depois de receber o golpe, então decidiu que seria talvez importante capturar o que ficou vivo para saber os planos dos bandidos.

Utilizando sua principal técnica, Soyokaze decidiu desarmar o inimigo restante com sua Bokken.


(Tentarei um Iaijutsu com a Bokken pra desarmar o cara. Se não puder, eu saco a Bokken primeiro e depois tento desarmar.)
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Tue 20 Jan - 14:45

Tentativa de Desarme -
Kobold carried out 6 launched of one D10 (Image not informed.) :
5 , 2 , 1 , 10 , 9 , 3
Dano -
Kobold carried out 2 launched of one D10 (Image not informed.) :
6 , 7
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Tue 20 Jan - 14:46

Explosão do 10 -
Kobold carried out 1 launched of one D10 (Image not informed.) :
5
Rerolando 1 devido à ênfase -
Kobold carried out 1 launched of one D10 (Image not informed.) :
4
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Tue 20 Jan - 19:26

Contrariando o código do Bushido e a honra esperada da casta dos samurai, Kakita Soyokaze abandonou silenciosamente a proteção da pedra na qual se escondia e se lançou até o bandido que ainda não havia sido ferido.

Primeiro silêncioso como uma brisa, e então rápido como o vento, Soyokaze chegou até o inimigo, sacando sua bokken da cintura enquanto se movia. Quando ele chegou a distância certa, lançou um golpe em um arco de baixo para cima que buscava atingir a mão do seu alvo. No entanto, no último instante, surpreso pela aproximação despercebida do novo inimigo, o bandido se assustou e com um meio-passo para trás, acabou evitando o ataque do samurai da Garça.

Matsu Shigetori olhou irritado para o companheiro, rugiu alguma coisa incompreensível e após dar um passo para o lado, com um berro, desceu furiosamente a sua katana no pescoço do bandido que ele já havia ferido. O homem atingido sequer teve tempo de levar a mão ao ferimento, antes que caísse com o lado do pescoço dilacerado e começasse a ter espasmos no chão.

Vendo a cena, o outro criminoso arregalou os olhos e, não querendo se aproximar do samurai de vestes douradas tentou balançar sua espada a esmo, na direção de Soyokaze. Tal golpe, no entanto, foi extremamente ineficaz, e o samurai da Garça, sabendo que não seria ferido, sequer precisou se mover. De olhos arregalados, o bandido recuou alguns metros dos dois samurai.

===============================================================================================

Em off:
 
Back to top Go down
Tyghorn

avatar

Posts : 196
Join date : 2014-05-31

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +5/Ref +0/Wil +0
AC: 13/T 10/F 13

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Sun 1 Feb - 20:19

O erro de sua técnica e a tentativa de golpe do bandido despertaram Soyokaze de seus sombrios pensamentos. Sua existência amaldiçoada não acabaria ali e isso foi mais do que o suficiente para que ele fizesse as coisas direito. Por um breve momento pode sentir a quase imperceptível brisa que correu no lugar, com sua benção o samurai exilado atacou o mais rápido que pode seu inimigo.

Versão curta disso tudo::
 
Back to top Go down
Kobold

avatar

Posts : 238
Join date : 2014-05-13

Sheet
HP/H.P.: 19 | 3
SV: Fort +3/Ref +5/Wil +2
AC: 18 / T 13 / F 15

PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   Tue 3 Feb - 13:31

O bandido se afastou em desespero, quase dando as costas aos dois samurai em sua fuga. No entanto, não conseguiu ir longe. Com uma rapidez que fez com que o adversário baixasse a guarda, Soyokaze se aproximou e com um rápido movimento acertou o homem na clavícula com sua espada de madeira, para logo então se afastar um passo para o lado com a graciosidade de uma garça.

O criminoso urrou de dor com o golpe e ele tentou se preparar para um contra ataque, mas seu braço não se moveu como gostaria. Ele gemeu de dor quando tentou girar seus braços e lançar um ataque em Soyokaze, mas o ruído que emitiu foi abafado por um rugido ensandecido. Em um piscar de olhos, movendo-se tão rápido quanto o sangue fervido pela sua fúria, Shigetori alcançou o bandido sem esforço algum. Não havia tanta técnica em seu golpe quanto nos de Soyokaze, ainda assim, sua espada desceu com maestria sobre o inimigo, que teve o tórax dilacerado por um corte que cruzou de seu peito á sua barriga.

Sangrando e tomado pela dor, o bandido se afastou com alguns passos débeis. Tentou se manter em pé, mas logo seus joelhos dobraram e ele caiu ajoelhado. Para os samurai, lançou um olhar que misturava dor, e uma falsa coragem que não enganava ninguém com as lagrimas que lhe escorriam pelo rosto.

Em off:
 
Back to top Go down
Sponsored content




PostSubject: Re: [L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)   

Back to top Go down
 
[L5R (BR)] O Prólogo de Soyokaze (Soyokaze's Prologue)
View previous topic View next topic Back to top 
Page 1 of 2Go to page : 1, 2  Next
 Similar topics
-
» New THX Logo Trailer
» My Today Surprise .... from MY-JFC Taikos ... (present for Logo competition)
» **Make a logo for TCI Contest** (Contest Over)
» S7 logo contest #2 vote now everybody please
» Looking for someone to create a logo...

Permissions in this forum:You cannot reply to topics in this forum
Reanna Roleplay Forum :: Roleplaying :: Short Adventures-
Jump to: